Faleceu Eusebio Leal Spengler, até sempre, caro Historiador

Em horas de manhã desta sexta-feira faleceu o camarada Eusebio Leal Spengler, vítima de uma doença penosa.

De acordo com a sua família, serão conservadas suas cinzas para que, uma vez controlada a pandemia da Covid-19 e como justo reconhecimento a sua obra imperecível, nosso povo possa lhe oferecer uma merecida homenagem no Capitólio de Havana, emblemática entidade que ele restaurara em favor da nação.

BIOGRAFIA DE EUSEBIO LEAL

Eusebio Leal nasceu em sua amada Cidade de Havana em 11 de setembro de 1942.

Foi Doutor em Ciências Históricas da Universidade de Havana -2000

Mestrado em Estudos sobre Latino- América, o Caribe e Cuba.

Especialista em Ciências Arqueológicas.

Estudou em 1975, na Universidade de Havana, a licenciatura em História. Devido a uma bolsa oferecida pelo Ministério das Relações Exteriores da República italiana em 1980, cursou estudos de pós-graduação na Itália sobre restauração de Centros Históricos.   

Membro do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba desde IV Congresso- 1991

Deputado à Assembleia Nacional do Poder Popular na IV-1993. V-1998, VI-2003, VII 2008, VIII-2013 e IX – 2018 Legislatura.

Embaixador da Boa Vontade da Organização das Nações Unidas - 1996

Começou a trabalhar em 1959 na Administração Metropolitana de Havana e em 1967 foi designado Diretor do Museu da Cidade de Havana, substituindo em seu cargo ao Doutor Emilio Roig de Leushenring, de quem foi discípulo.

Assume as obras de restauração da Casa de Governo, antigo Palácio dos Capitães Gerais e Casa Capitular que terminam em 1979.

 Em 1981 foi-lhe atribuída a responsabilidade de conduzir os investimentos das obras de restauração aprovadas pelo Governo da Cidade em 5 de maio daquele ano.

Em 16 de abril de 1986 foi-lhe atribuída a responsabilidade das obras na Fortaleza de San Carlos de La Cabaña e, mais tarde, no Castelo dos Três Reis de El Morro.

De acordo com a declaração da UNESCO o perímetro das antigas muralhas e o Sistema de Fortificações para defensa da cidade foi inscrito no Índice do Patrimônio Mundial em 1982 sob número 27.

Historiador da Cidade de Havana.

Presidente de Honra do Comitê cubano do ICOM e Presidente de Honra do Comitê cubano do ICOMOS e da Sociedade Civil Patrimônio, Comunidade e Meio Ambiente; Decano da Faculdade do “Colégio 2 Universitário San Gerónimo de Havana”, Título de Professor de Mérito da Universidade de Havana, Presidente da Rede de Escritórios do Historiador e Conservador das Cidades Patrimoniais de Cuba, Presidente de Honra da Sociedade Econômica de Amigos do País.

Presidente do Grupo de Parlamentares de Amizade Cuba – México.

Vice-presidente do Grupo de Parlamentares de Amizade Cuba-Japão.

 

Etiquetas
Categoría
Eventos
RSS Minrex