Cuba é eleita, pela quinta vez, membro do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas

 

Cuba obteve uma nova e retumbante vitória no Conselho de Direitos Humanos da ONU em 13 de outubro, ao ser eleita para o órgão durante o período 2021-2023.

Com esta vitória, a nação caribenha reafirma seu compromisso com uma ordem internacional baseada na inclusão, justiça social, dignidade humana, compreensão mútua e promoção e respeito à diversidade cultural, indica um comunicado de imprensa da missão cubana às Nações Unidas.

Ao mesmo tempo, acrescenta este comunicado, destrói as atuais manobras da administração dos Estados Unidos, que não perde espaço para caluniar o exemplar histórico de direitos humanos de Cuba.

“A ilha caribenha continuará defendendo o diálogo e a cooperação com sua própria voz, em favor de todos os direitos de todas as pessoas”.

Segundo nota da Chancelaria cubana, a nação apresentou sua candidatura ao Conselho de Direitos Humanos, orgulhosa de estar entre os países cujos governos muito fizeram para conseguir o gozo mais amplo possível de todos os direitos humanos de todos os seus cidadãos.

Electa #Cuba al Consejo de Derechos Humanos por 170 votos, el 88 % de los miembros de @UN Nuestro país es parte de 44 de los 61 instrumentos internacionales de DDHH, cuyo cumplimiento reporta a ONU A pesar de la campaña de desprestigio, los logros de Cuba no pueden ser opacados.
 

Cuba é membro fundador do Conselho de Direitos Humanos, criado em 2006: ocupou assento por dois períodos consecutivos até dezembro de 2012 e, anos depois, ocupou assento por mais dois períodos consecutivos (2014-2016 e 2017-2019).

Nesse contexto, apresentou resoluções sobre o direito à alimentação, os direitos culturais e a diversidade cultural, e os efeitos da dívida externa no gozo dos direitos humanos, em particular os econômicos, sociais e culturais, entre outros.

A participação ativa da maior das Antilhas naquele órgão também resultou na renovação do mandato do perito independente sobre a promoção de uma ordem internacional democrática e equitativa.

O Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas foi criado em 15 de março de 2006 e atualmente é composto por 47 Estados membros da ONU, eleitos direta e secretamente na Assembleia Geral.

Conforme estabelecido, este órgão que se reúne no escritório da ONU em Genebra, na Suíça, é responsável pela promoção e proteção dos direitos humanos em todo o mundo e tem capacidade para debater vários assuntos relacionados a essas questões.

Tradução : Comitê Carioca de Solidariedade a Cuba 

Etiquetas
Categoría
Eventos
RSS Minrex